// you're reading...

Artigos

Células embriônicas irradiadas (iESCs) após o infarto agudo do miocárdio

Este é um novo conceito e foi apresentado no trabalho pré clínico publicado na Circulation Research (doi:10.1161/CICRESAHA.111.262584) sobre o uso de células tronco embrionárias irradiadas para recuperar o infarto agudo do miocárdio induzido.

Este trabalho parte do resultado da observação que o uso de células tronco adulto derivadas da medula óssea, manipuladas ou não, células mesenquimais, aplicadas intra-coronárias ou intra-miocardio  apresentam resultados controversos ou podemos dizer desanimadores. As células tronco embrionárias aplicadas em regiões periféricas do infarto induzido do miocárdio mostraram-se promissoras, mas a chance de produzir tumores ou teratomas é elevada. Assim para se evitar este problema este  estudo propos a irradiação destas células e os resultados foram expressivos podendo a técnica ser expandida para regeneração de outros órgãos e o próximo passo será o de organizar estudos clínicos com esta nova técnica.

Vale conferir.

Burt RK et al. Mitotically inactivated embryonic stem cells can be used as an in vivo feeder layer to nurse damaged myocardium after Acute Myocardial Infarction: A preclinical study. Circ Res 2012;111:1286-1296

Milton Artur Ruiz

Sobre o Autor

Médico, Hematologista, Hemoterapeuta, Professor Colaborador da disciplina de Hematologia/Hemoterapia da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Paulo, USP-SP, Coordenador do Grupo de Estudos de Terapia celular do IMC de S J do Rio Preto-SP, Chefe da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital Infante D. Henrique da Associação Portuguesa de Beneficencia de SJ do Rio Preto SP. , Editor da Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - Journal of Hematology and Hemotherapy ISSN 1516 8494 , Mestre em Hematologia – Escola Paulista de Medicina, Unifesp-SP, Doutor em Medicina Interna – Unicamp-SP, Livre docente em Hematologia- Famerp- SP.

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!