// you're reading...

Artigos

Reprogramação de células e produção de células do coração

Nos últimos anos, os cientistas têm se esforçado para produzirem diversos tipos de células.
O coração é um dos objetivos da medicina regenerativa, pois tecidos cardíacos danificados como ocorre após o Infarto do miocárdio poderiam ser renovados.
Agora, pesquisadores da Universidade da Pensilvânia são os primeiros a demonstrar uma conversão direta de células não-cardíacas para uma célula cardíaca.
Trabalhando a partir de RNA mensageiros (RNAm), os cientistas converteram astrócitos (células do cerebro) e fibroblastos (célula do tecido conjuntivo) em células cardíacas. O estudo foi publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Science, e oferece uma oportunidade para o avanço da terapia celular nas doenças cardiovasculares.

A novidade na abordagem do estudo é que a geração de células do coração foi realizada de forma direta, sem a necessidade de processos intermediários. Os pesquisadores colocaram grandes quantidades de RNAm de células cardíacas em astrócitos ou fibroblastos, e dessa forma o DNA do núcleo celular geraram RNAs com características de células cardíacas.

Uma vez que o processo de diferenciação celular parece ocorrer gerando novas células cardíacas isto poderá ter implicações clínicas no futuro e na terapia celular.

O artigo pode ser acessado: www.pnas.org/content/early/06/29/1101223108

Milton Artur Ruiz

Sobre o Autor

Médico, Hematologista, Hemoterapeuta, Professor Colaborador da disciplina de Hematologia/Hemoterapia da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Paulo, USP-SP, Coordenador do Grupo de Estudos de Terapia celular do IMC de S J do Rio Preto-SP, Chefe da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital Infante D. Henrique da Associação Portuguesa de Beneficencia de SJ do Rio Preto SP. , Editor da Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - Journal of Hematology and Hemotherapy ISSN 1516 8494 , Mestre em Hematologia – Escola Paulista de Medicina, Unifesp-SP, Doutor em Medicina Interna – Unicamp-SP, Livre docente em Hematologia- Famerp- SP.

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!