// you're reading...

Artigos

Células- tronco Mesenquimais de diferentes origens na regeneração do coração

A Células-tronco mesenquimal (CTM) pode ser obtida de diversas fontes. Dentre elas citamos a medula óssea, o cordão umbilical e o tecido adiposo. Embora todas as CTM apresentem fenótipo semelhante, o resultado do seu uso com finalidade regenerativa é diferente pelo menos do ponto de vista experimental. Isto está demonstrado pelo estudo do Stem Cell Research Center de Rostok na Alemanha em ratos após o infarto agudo miocárdio (IAM). As CTM de origem da medula óssea apresentaram melhores resultados para regenerar o coração danificado após o IAM do que as células de origem do tecido adiposo e do sangue de cordão umbilical, que por sinal foram as que apresentaram o pior resultado dentre as três fontes citadas.

Milton Artur Ruiz

Sobre o Autor

Médico, Hematologista, Hemoterapeuta, Professor Colaborador da disciplina de Hematologia/Hemoterapia da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Paulo, USP-SP, Coordenador do Grupo de Estudos de Terapia celular do IMC de S J do Rio Preto-SP, Chefe da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital Infante D. Henrique da Associação Portuguesa de Beneficencia de SJ do Rio Preto SP. , Editor da Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - Journal of Hematology and Hemotherapy ISSN 1516 8494 , Mestre em Hematologia – Escola Paulista de Medicina, Unifesp-SP, Doutor em Medicina Interna – Unicamp-SP, Livre docente em Hematologia- Famerp- SP.

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!