// you're reading...

Artigos

MIAMI “cells” na isquemia crítica de membros

Células induzidas de multilinhagens adultas isoladas de medula óssea (human marrow –isolated adult multilineage –inducible cells) ou MIAMI cells, são obtidas em cultura e em baixa tensão de oxigênio ao redor de 3%. Ela é capaz de se diferenciar em células endoteliais e de produzir alta quantidade de diversos fatores pró-angiogenicos (fazer novos vasos) que incluem a proteína denominada “Monocyte chemoattractant protein 1”,” fractalkine”,  growth –related oncogene (GRO), interleucina- 6(IL-6), IL-8  e o Vascular Endotelial Growth-Factor, o bastante conhecido fator de crescimento endotelial vascualr. O transplante destas células (MIAMI) assim obtidas e aplicadas em estudos experimentais em camundongos com isquemia crítica de membros posteriores produziu uma drástica e significativa redução da isquemia e da necrose dos membros destes cobaios.  Apesar dos resultados promissores muito ainda tem de se avançar como comparar os resultados das MIAMI “cells” com outros tipos de populações de células endoteliais progenitoras com o objetivo de definir qual é a melhor opção para promover a reperfusão tissular e a angiogenese na isquemia crítica.

Milton Artur Ruiz

Sobre o Autor

Médico, Hematologista, Hemoterapeuta, Professor Colaborador da disciplina de Hematologia/Hemoterapia da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Paulo, USP-SP, Coordenador do Grupo de Estudos de Terapia celular do IMC de S J do Rio Preto-SP, Chefe da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital Infante D. Henrique da Associação Portuguesa de Beneficencia de SJ do Rio Preto SP. , Editor da Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - Journal of Hematology and Hemotherapy ISSN 1516 8494 , Mestre em Hematologia – Escola Paulista de Medicina, Unifesp-SP, Doutor em Medicina Interna – Unicamp-SP, Livre docente em Hematologia- Famerp- SP.

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!