// you're reading...

Terapia Celular

O G- CSF após o Infarto agudo do miocardio

O G-CSF, fator estimulador de colonias granulocitárias, é uma citocina disponibilizada como medicamento para tratamento em situações em que os glóbulos brancos se reduzem e existe então um aumento do risco de infecções. Êle também é utilizado nos transplantes de células tronco hematopoéticos (TCTH) para apressar a recuperação dos neutrófilos ( um tipo de glóbulo branco importante no qual o medicamento atua) ou quando queremos que no sangue periférico aumentem o número dos elementos progenitores para coletá-los e realizarmos o TCTH autólogo. No entanto quando existe uma lesão no coração, como no infarto agudo do miocárdio ou no acidente vascular cerebral isquemico, sabe-se que fisiológicamente a medula óssea passa a responder e a produzir mais células para enviá-las para o sangue e ajuadarem a regerarem o orgão lesionado. O uso do G- CSF exponencializa o número destas células e exerce no entanto efeitos desconhecido que precisam ser elucidados. Estudo experimental recentemente publicado no Cytotherpy 2010;12:909-18 de Delgaudine M e colaboradores corrobora estas perpectivas e coloca o G-CSF como facilitador deste efeito o que coloca o mesmo mais uma vez na linha de seu uso terapeutico nestas condições em decorrencia do reduzido ou de nenhum efeito colateral dele  do seu uso universal área de hematologia e do TCTH.

Milton Artur Ruiz

Sobre o Autor

Médico, Hematologista, Hemoterapeuta, Professor Colaborador da disciplina de Hematologia/Hemoterapia da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Paulo, USP-SP, Coordenador do Grupo de Estudos de Terapia celular do IMC de S J do Rio Preto-SP, Chefe da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital Infante D. Henrique da Associação Portuguesa de Beneficencia de SJ do Rio Preto SP. , Editor da Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - Journal of Hematology and Hemotherapy ISSN 1516 8494 , Mestre em Hematologia – Escola Paulista de Medicina, Unifesp-SP, Doutor em Medicina Interna – Unicamp-SP, Livre docente em Hematologia- Famerp- SP.

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!